Por que assinantes de TV ainda assistem TV aberta

1
1601

Ao divulgarmos a notícia de que a Claro TV havia incluído mais 4 afiliadas da Rede Globo em HD ontem, surgiu a necessidade de avaliarmos mais a fundo os motivos e o que leva os assinantes a pagarem para ver algo que, em tese, têm acesso de graça.

Antes de mais nada, queremos deixar claro que a intenção qui é apenas refletir e não criticar quem gasta seu dinheiro suado para ver algo que é gratuito. Queremos apenas entender os diferentes perfis de assinantes e o que esperam de sua TV.

tv-aberta-no-brasilO conteúdo da TV Aberta é bom (?)

Colocamos o ponto de interrogação entre parenteses de maneira proposital. Temos certeza de que parte do conteúdo apresentado por canais como Rede Globo, Band, SBT e Record (exemplos), possui sim qualidade, em especial alguns de seus programas – mas deixamos a pergunta para que você nos responda nos comentários.

Muitos assinantes criticam quem assiste TV aberta, mas há anos não fazem ideia do que é transmitido ali. Então é importante deixar claro que muito do que é exibido ali tem sim seu valor.

Programas como o próprio Fantástico, Domingo Espetacular, Globo Esporte, e muitos outros, são bem produzidos e possuem investimentos que canais de TV por assinatura não têm condições de fazer.

Muito material que é produzido na TV aberta, em especial sobre pessoas e locais no Brasil, não possuem sequer espaço na grade de canais da TV paga, que em geral retransmite aqui conteúdo lá de fora.

A qualidade de imagem é melhor que da TV por assinatura

Não podemos negar que os canais de TV Aberta possuem uma maior qualidade de som e imagem quando comparados a muitos canais na TV por assinatura.

Especialmente quem capta o sinal desses canais via antena UHF externa, em 1080i, logo notará que a compactação da imagem é muito menor do que na TV por assinatura, especialmente na TV via satélite.

Assistir um filme na tela quente poderá resultar em uma experiência de áudio e vídeo melhor do que o mesmo filme exibido em um canal HBO ou Telecine – e isso poucos podem negar.

Logicamente que isso vale apenas para o sinal digital. No passado a maior vantagem técnica da TV paga era justamente ter abandonado o sinal analógico, que além de mais fraco e de menor alcance é mais suscetível a interferências.

o-que-e-efeito-manadaAinda agimos pelo costume e pelo efeito manada

O ser humano ainda possui muitos comportamentos instintivos. Um deles é responsável pelo efeito manada, onde as pessoas tendem a seguir e dar valor para tendências que um grande grupo também está seguindo.

E isso vale para a TV, tanto aberta quanto fechada.

Dependendo da classe social de seus amigos e familiares, uma grande maioria estará comentando no trabalho ou na escola sobre a programação do Fantástico, um quadro novo no Domingão do Faustão ou uma nova pegadinha do Programa Silvio Santos.

Isso pode gerar um interesse no seu subconsciente, de ao menos conferir na próxima semana aquilo que seus amigos estão curtindo. Isso vale para a novela, para o Big Brother e para aqueles programas de culinária que tomaram conta da TV fechada e aberta.

Outros grupos de amigos poderão estar comentando sobre a programação interessante do GNT, moderna do Multishow ou intelectual do BBC Earth. Esses movimentos criam costumes e tendências na sociedade e na sua própria vida.

o-que-assistir-na-tv-aberta-e-fechadaAssistir TV aberta enquanto se paga pela assinatura é errado?

Claro que não. O dinheiro é de cada um e os gostos também. Não cabe a ninguém julgar tal comportamento.

Mas se você tem um amigo ou conhecido que insiste em assistir sempre o mesmo canal, seja aberto ou fechado, não custa dar aquela dica esperta de série ou programa que você está curtindo não é mesmo?

Esse compartilhamento de experiências e gostos enriquece seu convívio social e gera um respeito mútuo entre amigos, colegas e familiares.

Você sabia que o horário político “gratuito” é pago?!

 

COMPARTILHE
  • Rosemarcio Gomes

    Curto tanto canal fechado e abertos.