Operadoras brasileiras de TV finalmente admitem: “nossa maior rival agora é a Netflix”

6
1206

A Netflix chegou ao Brasil de fininho e aos poucos se tornou uma das principais escolhas dos brasileiros para conteúdo. O serviço, caso fosse uma operadora de TV por Assinatura, na seria a terceira maior do país com seus mais de 2,5 milhões de usuários. Não é surpresa que as operadoras de TV tradicionais estejam preocupadas em perder seus clientes, buscando novas formas de rivalizar com o serviço que proporciona o conteúdo que o usuário quer, na hora que quer e da forma que deseja assistir.

Netflix

No 29º Seminário Internacional da ABDTIC, realizado em São Paulo, executivos de TVs por Assinatura concordaram que a grande rival agora é a Netflix. O diretor de Programação da América Móvil (Claro e NET), Fernando Magalhães, foi claro e direto sobre isso:

“Hoje o investimento não é para competir com a Sky, mas, sim, para competir com a Netflix. Queremos conquistar o consumidor jovem que quer ver o filme na hora que quer”

Ou seja, podemos esperar ver ainda mais esforços para trazer programação VOD (vídeo sob demanda) no Brasil. Recentemente a FOX lançou seu aplicativo para o consumo de conteúdo sob demanda em tablet e smartphones, mostrando que os canais tradicionais também podem se adaptar ao novo meio de consumo favorito dos jovens, que só tende a se popularizar ainda mais. A HBO é outra que busca formas de rivalizar com o Netflix.

Porém, a visão de que a Netflix veio para matar a TV por Assinatura ainda não é realista, pelo menos para Rafael Crescente, gerente jurídico da FOX Brasil, que afirmou: “a visão do apocalipse que o OTT conteúdo sob demanda) vai matar a TV por assinatura não é factível”. Para ele, este tipo de serviço deve ser visto como complementar.

Crescente lembrou ainda que mais rivais estão chegando no mercado, com empresas de peso por trás, como a própria Google e Apple. “Não somos inocentes. O assinante não vai querer pagar por tantos. Caminhamos para uma programação de VODs como temos nos canais tradicionais”, acrescentou.

Já a Netflix, ao contrário de seguir caminhos tradicionais e se preocupar com competição, está mais preocupada em agradar seus usuários. A empresa continua investindo em diversas produções originais, como a recente série “Jessica Jones” que vem fazendo sucesso. Além disso, é uma das poucas fontes de conteúdo em 4K para quem possui uma TV do tipo. No Brasil, é esperado que as operadoras comecem a transmitir canais na resolução Ultra HD apenas em 2017, isso se formos esperançosos.

VIA

COMPARTILHE
  • Tiago Santana

    Na boa, é muito bom ver o que você quer, onde e quando você quer… nesse sentido a Netflix é realmente a melhor, sem falar no algorítimo de reprodução de video deles, que mesmo com uma internet não tão boa, roda os filmes e séries de uma forma fluída e sem travamentos, claro que com uma net de ao menos 5Mb, que é o meu caso. E olha que a minha net é da Oi, não preciso nem dizer o quanto é ruim né?! rsrsrs… Netflix, faz milagres! Só pago tv por assinatura, por conta do futebol internacional, por que o Brasileirão é impossível de pagar, muito caro!

    • William Aparecido Brandino

      Concordo totalmente!!
      Mas, a principal “guerra” dos assinantes é a atualização do portfólio, que não consegue ter os lançamentos ou, quem sabe, toda a coleção. Visto, por exemplo, O Hobbit, eles colocaram o segundo filme e TIRARAM o primeiro!!

  • A maior rival das operadoras de tv por assinatura são elas mesmas. Ficam removendo canais da programação, demora para chegar uns canais (e se chegar), péssima qualidade no produto e por aí vai…
    A Netflix faz o trabalho dela fazendo e transmitindo séries e filmes, de qualidade.

  • marcos

    Excelente opção

  • Raimundo carneiro

    As TVs por assinaturas vão ter que melhorar muito ,eles correm o risco de perde mercado se não houver mudanças significativas.

  • Raimundo carneiro

    As TVs por assinaturas vão ter que melhorar muito ,eles correm o risco de perde mercado se não houver mudanças significativas.