Cine Sinistro e o Cine Trash

5
2494

Como já dizia o velho sábio: relembrar é viver. E por isso hoje em nosso especial falaremos um pouco sobre o Cine Sinistro e o Cine Trash, atrações bastante peculiares que a Band exibiu na década de 90.

Em tempos que dificilmente voltarão, a TV brasileira vivia um momento de quebra de barreiras e luta por liberdade (reflexos do fim da ditadura), onde tanto a música quanto a televisão eram algumas das ferramentas utilizadas para expor a indignação e ousar o máximo que fosse possível.

Nudez e violência na TV

Sobre o assunto, basta relembrar como eram as tardes em canais como SBT e Band, onde filmes com cenas de nudez e violência eram exibidos as 14h. Ou então o programa do Gugu nos domingos a tarde, onde belas mulheres apareciam semi nuas (com direito a garota da camisa molhada e tudo mais) e eram garantia de grande audiência.cine sinistro

Hoje isso mudou muito, pois a sociedade aos poucos se equilibrou. Primeiro predominou-se a luta pela liberdade e avanço sobre os limites e, agora, o politicamente incorreto é criticado e questões morais são discutidas politicamente e socialmente, impedindo que nudez e violência sejam temas tratados livremente, ao menos não na televisão.

Tudo isso é uma questão bastante polêmica e complicada, no mínimo.

O Cine Sinistro e o conteúdo “Trash”

O Cine Sinistro não tinha como foco principal nem a violência e nem a nudez que citamos, apesar de ambos estarem presentes. Em sua programação eram exibidos filmes considerados “Trash”. Para quem não conhece, eles são aquelas produções feitas toscamente de propósito, usando poucos recursos, atores em início de carreira (mas nem sempre), onde o apelo é justamente tentar impressionar e até chocar por tais bizarrices.

Planeta Terror é um dos melhores filmes Trash de Tarantino
Planeta Terror é um dos melhores filmes Trash de Tarantino

No Trash focado no terror, nem sempre se encontram sustos. A maioria dos filmes produzidos dessa forma são focados no humor, onde os efeitos “especiais” feios e absurdos causam risos nas pessoas. Para quem é mais novo e não está entendendo do que se tratam esses filmes, tente assistir algum dos filmes de Quentin Tarantino, que é o mestre do Trash moderno e rico dos dias de hoje.

Apresentação

O primeiro Cine Sinistro era apresentado pelo Zé do Caixão (José Mojica Marins), no ano de 1990. Ele era o principal produtor e ator de Pornochanchadas e filmes de terror Trash no Brasil (ele é aquele senhor famoso por aparecer com unhas compridas na TV). Depois do Zé do Caixão o programa foi apresentado por muitos anos por Carla Tenore, sempre à meia noite dos sábados antes do Cine Privê (programa dedicado a exibir filmes de sexo não explícito, os chamados “softcore”).

Lista-de-filmes-do-Cine-Trash

O Cine Trash da Band

Mas mais importante ainda do que o Cine Sinistro com certeza foi o Cine Trash. A Band o exibia de Segunda a Sexta feira as 14h (isso mesmo, logo após o almoço), era também apresentado por Zé do Caixão trazendo clássicos do terror, como Evil Dead ( A Noite dos Mortos Vivos).

cinetrash band

O Cine Trash era um sucesso de audiência, representando o auge da carreira de Zé do Caixão na TV brasileira.

Obviamente o programa teve que ser retirado do ar quando a Lei de classificações etárias entrou em vigor, uma vez que nudez e sangue eram presença garantida em quase todos os filmes exibidos.

O Fim do terror na TV

Se naquela época a nudez, a violência e o terror bizarro vendiam na TV aberta, hoje encontram cada dia menos espaço. Seja pela própria censura ou então pela polêmica que causam, nunca mais uma faixa de horário foi usada para tal tema.

Mas também convenhamos, se nem a TV fechada que é paga apresenta conteúdo segmentado, será TV aberta, onde a cada dia a preocupação é em vender melhor suas faixas de horário quem vai exibir? Não mesmo.

A internet é a chave

O jeito hoje para encontrar tal conteúdo é buscando em locadoras que tenham estoque de DVDs sobre o tema ou ainda na própria internet (até mesmo no Youtube é possível encontrar alguns filmes que eram exibidos no programa, na íntegra).

Quentin Tarantino NO JAPÃO

É graças a internet inclusive que a memória daqueles tempos permanece viva.

A TV tem vergonha de seu passado

A própria TV parece ter vergonha do que antigamente dava muito certo. Nunca vi a Band nem mesmo mencionar seu Cine Sinistro, que era uma atração que realmente diferenciava a emissora, entre outros exemplos, como o Band Kids foi nos anos 2000, um verdadeiro clássico.

Não perca: o Band Kids e o auge dos animes na TV Brasileira 

Em breve traremos mais especiais com programas que marcaram época na TV brasileira, seja ela aberta ou fechada.

COMPARTILHE
  • Interessante.
    Eu lembro de muitas programações “clássicas” por assim dizer da TV aberta. Querendo ou não antigamente mesmo quem tinha TV fechada ainda passava boa parte do tempo de olho na TV aberta.
    Foram anos de diversos programas que marcaram época.
    Na minha época eu lembro da antiga malhação.
    Lembro também desses programas do gugu que eram uma merda, mas sempre que você colocava tinha sempre alguma mulher pelada com o gluglu hehehe… Que merda! rs.
    Eles de fato querem apagar este passado. Alguns eram realmente ruim. outros nem tanto. Eu lembro quando passava Seinfeld no 21 .. PQP!!! Saudades de quando o canal 21 era sensacional!

  • Marco Guerreiro

    bons tempos aqueles em que não havia censura.hoje tudo não pode,não é permitido por causa do horario.

  • Helen Ganzarolli, que capô, hein?